Saturday, September 28, 2013

TALKING ABOUT THE ART OF BEAUTY




The exhibition's brochure







Blouse Zara, Pants Zara, Black leather and wool jacket Zara, Black pumps ZaraGold necklace Zara, Gold bag (old)




The world is full of beautiful things, and how I'm so passionate about it, the possibility to add to our lives people with a clear vision of beauty, who are willing to share it with us, or even to materialize it for us, can only be a positive addition. These days I have been realizing the amount of beautiful things that have the Portuguese stamp and can transmit us this feeling, this glow.

An example is Mário Vitória's work.
"The Most Resilient in the Dawn", thus is entitled the exhibition inaugurated last Friday at the Casino Estoril and that I had the pleasure to visit. In an easily readable painting for those who, like me, are  laymen in the world of painting, the reality of our days is portrayed by Mário in traces of sarcasm, ironically satirized. By his hand we are driven to explore the forgotten past of childhood, as we reflect simultaneously in idyllic worlds and in abandoned beliefs.

Another example of this amazing ability to make us reach the beauty of moments is the work of Bruno Marques, a sculptor from Oporto, author of a wonderful repertoire, with whom I had the pleasure of depriving.

Sitting at the dining table, with two extremely interesting people, my longtime friend Maria Joana Vilela and Bruno Marques, in a relaxed and something familiar mood, the conversation has flowed in every direction. A great way to finish my day, spent in wonderful company, suddenly making me feel a richer person.

*

O Mundo está cheio de coisas belas, e como apaixonada que por isso sou, a possibilidade de acrescentarmos à nossa vida pessoas com uma visão tão nítida da Beleza dos momentos, que estejam dispostas a partilhá-la connosco, ou até mesmo de a materializar, só pode ser uma adição positiva. 
Nos dias que correm tenho-me vindo a aperceber da quantidade de coisas belas que têm o cunho português e que nos transmitem este sentimento, este brilho. 

Exemplo disso mesmo é o trabalho do Mário Vitória.
"Os Mais Resistentes na Orla da Madrugada", assim se intitula a exposição inaugurada na passada sexta-feira no Casino Estoril e que tive o prazer de visitar. Em pintura de fácil  leitura para quem, como eu, é leigo no mundo da Pintura, a realidade dos nossos dias é-nos retratada pelo Mário em traços de sarcasmo, satiricamente ironizados. Pela mão dele somos levados a explorar o passado esquecido da infância, enquanto reflectimos simultaneamente em mundos idílicos, em crenças abandonadas.

Outro exemplo desta fantástica capacidade de nos fazer chegar o belo dos momentos é o trabalho de Bruno Marques,  um escultor portuense, autor de um repertório maravilhoso, com quem tive o prazer de privar.

Sentada à mesa de jantar, com duas pessoas interessantíssimas, a minha amiga de longa data Maria Joana Vilela e o Bruno Marques, num ambiente descontraído e algo familiar, a conversa fluiu em todas as direcções. Um fim de dia passado em maravilhosa companhia, subitamente fazendo-me sentir uma pessoa mais rica.